Supervisão com apoio dos desafios enfrentados no projeto da ECO-135

O setor de infraestrutura de transportes rodoviário no Brasil tem muito a desenvolver, sendo esse um dos meios determinantes para o crescimento do país, uma vez que se apresenta como principal meio de escoamento da produção da nossa matriz modal, correspondendo em grande parte pelo escoamento de cargas e pessoas. Como as rodovias, na sua grande maioria, não se apresentam em boas condições para atender às necessidades do transporte nacional, fica prejudicada e vinculada toda a cadeia produtiva, tanto de logística interna e de exportação. Esse cenário é reflexo da falta de investimentos no setor de infraestrutura de transporte ao longo das últimas décadas.

A SYSTRA Engenharia e Consultoria Ltda, especializada em consultoria e engenharia no setor de mobilidade e infraestrutura de transporte, desempenha um papel crucial na manutenção, conservação e ampliação do sistema viário do país, atuando em diversos projetos de infraestrutura rodoviária.

Ao longo dos últimos anos, tive a oportunidade de participar de diversos projetos pela SYSTRA, Entre os inúmeros projetos já desenvolvidos e os projetos em execução, hoje venho destacar as atividades realizadas no projeto de Apoio a Supervisão Geral da Concessionária ECO135, uma parceria firmada entre a SYSTRA e o DER/MG.

O trecho sob concessão e compostos pelas rodovias BR-135, MG-231 e LMG-754, apresentando em sua totalidade aproximadamente 364 quilômetros de extensão, sendo esse um trecho de extrema importância econômica no estado de Minas Gerais, e um dos principais meios de ligações da região centro-norte do estado.

Apesar de toda a experiencia e expertise da SYSTRA, todo projeto tem suas particularidades e desafios, para esse projeto não foi diferente. Nosso desafio foi auxiliar nas demandas de apoio a fiscalização da concessão, desde as atividades de conservação da malha viária concedida e no monitoramento das obras de ampliação das rodovias e demais bens locados ao longo da faixa de domínio.

Em resumo, o trecho concedido apresentava baixa qualidade de conservação das rodovias sob concessão, principalmente relacionado a conservação do pavimento e dos elementos de proteção e segurança rodoviária. Sabendo que o processo para recuperação dos trechos necessitaria de diversas intervenções, a equipe de fiscalização atuou com empenho diário no acompanhamento dos serviços, desde pequenos danos no pavimento até questões mais complexas relacionadas à segurança viária. A abordagem proativa da fiscalização visa antecipar problemas potenciais, garantindo a rápida implementação de medidas corretivas e, assim, preservando a integridade da infraestrutura. Ao longo das nossas atividades são monitoradas as condições de pavimentação das rodovias, elementos de sinalização e proteção, dispositivos de drenagem, entre outros, de acordo com os manuais de fiscalização que estabelecem as diretrizes dos projetos de monitoramento e fiscalização, conforme manual do Programa de Exploração da Rodovia (PER) e do Manual de Fiscalização de Rodovias Federais Concedidas.

Além das atividades de conservação de rotina, a equipe da SYSTRA também atua na fiscalização das obras de ampliação da concessão, sendo essa uma das maiores obras viárias em execução no Brasil. Entre as inúmeras melhorias, está prevista a construção de 136 quilômetros de pista duplicada, 110 quilômetros de faixas adicionais, implantação do Anel Viário de Montes Claros, implantação de passarelas de pedestres, melhorias de acessos, entre outras.

Por se tratar de um dos primeiros trechos sob concessão no estado, encontramos diversos desafios ao longo do desenvolvimento do projeto, principalmente referente aos processos de gestão das não conformidades identificadas, após a identificação de irregularidades, inicia-se um processo burocrático que envolve documentação extensa e registros a serem encaminhados ao órgão responsável. Essa burocracia, devido às formalidades exigidas, resulta em um significativo intervalo de tempo. Essa demora não apenas representava um desafio operacional para a empresa, mas também expõe usuários a potenciais riscos e desconforto, visto que as condições de segurança e qualidade da rodovia podem ser comprometidas enquanto aguardam a resolução das questões identificadas.

Por isso, com o objetivo de aprimorar e apresentar maior segurança nos dados de fiscalização, contribuímos no desenvolvimento de um aplicativo para inspeção das rodovias em parceria com o DER/MG e a SEINFRA. O aplicativo nos possibilita maior segurança, confiabilidade e agilidade no processamento dos dados, sendo seu monitoramento realizado através de georreferenciamento, o que proporcional maior segurança e agilidade para apresentação dos dados de inspeção realizado pelas equipes de fiscalização.

Atualmente o trecho apresenta condição superior a realidade que se apresentava no início dos projetos, com implementação de diversas melhorias identificadas pelas equipes de fiscalização, podendo destacar a redução nos registros de acidentes, principalmente graves, ocorridos ao logo dos últimos anos ao longo do trecho sob concessão.

Além disso, atualmente o trecho apresenta cerca de 90 quilômetros de pista duplicada liberada para tráfego na região da cidade de Curvelo/MG, entre o Entroncamento da BR135 com a BR-040 até a cidade de Corinto/MG. Também ressaltamos que o trecho já apresenta melhorias de implantação de faixas adicionais e passarelas de pedestres liberadas para tráfego dos usuários.

Contudo, apesar dos desafios, o Brasil tem grande potencial para melhorar o sistema viário do país, seja investindo na integração de dados, treinamento da equipe, colaboração público-privada ou inovação em materiais e sensibilização pública. Essas medidas são promissoras e podem otimizar o processo para um sistema de transporte rodoviário mais seguro e eficiente.


Supervisão geral da Concessionária ECO-135
Não perca nada, siga-nos nas mídias sociais